O delegado Antonio Olim, presidente do Tribunal de Justiça Desportiva de São Paulo, voltou atrás e não vai aplicar o W.O caso o Corinthians não entre em campo diante do São Paulo, no próximo domingo, no Morumbi, jogo válido pela ida da final do Paulistão 2019.

Em entrevista ao UOL Esporte, o delegado voltou atrás nas palavras e falou em ‘não tomar decisão precipitadas’.

“É algo que eu não tinha pensado. Temos que esperar acontecer, porque pode ter alguns infiltrados na torcida do São Paulo que façam de propósito, justamente para ter o W.O. Então temos que esperar, para não tomar decisão precipitada em cima de um caso que nem sabemos se vai acontecer”, declarou Olim.

“É um problema todo entre eles [clubes]. O Andrés também está fazendo isso tudo para aparecer, porque eu não acho que vá acontecer nada disso. A Polícia Militar provavelmente terá um contingente absurdo de policiais no jogo, para evitar qualquer problema”, completou o delegado.

Nesta sexta-feira (12), em coletiva no CT Joaquim Grava, Andrés Sanchez voltou a reafirmar que não entrará em campo caso a delegação alvinegra seja agredida na chegada ao estádio do Morumbi.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui