A Copa América está prestes a começar. Nesta sexta-feira, a Seleção Brasileira encara a Bolívia na estreia da competição, em partida programada para as 21h30 (de Brasília), no Morumbi, com dois corintianos no grupo comando por Tite: o goleiro Cássio e o lateral direito Fagner.

Das 35 edições de Copa América – intitulada de Campeonato Sul-Americano de Futebol até 1975 – com participação da Seleção Brasileira, 23 tiveram presença de corintianos (já contando a edição de 2019).

Ao todo, 41 jogadores do Alvinegro do Parque São Jorge foram convocados para defender o Brasil na história do torneio. Além disso, quatro treinadores saíram do clube para comandar a equipe em torneios anteriores da Copa América: Osvaldo Brandão nas edições de 1956 e 57, Vanderlei Luxemburgo em 1999, Carlos Alberto Parreira em 2004 e Mano Menezes em 2011.

A competição que contou com o maior número de atletas do Corinthians representando o Brasil aconteceu no Uruguai em 1956, quando Baltazar, Cabeção, Gylmar dos Santos Neves, Julião, Luizinho, Olavo e Roberto Belangero foram chamados por Osvaldo Brandão, treinador que passou pelo Timão.

Presente no Grupo A da edição de 2019, a Seleção, além de bolivianos, enfrenta Peru e Venezuela por uma vaga nas quartas de final. O Corinthians, por sua vez, espera o fim da torneio para voltar aos gramados. A equipe de Fábio Carille pega o CSA, na Arena, apenas no dia 14 julho.

Confira as edições de Copa América com a presença de jogadores do Timão na Seleção Brasileira:

Brasil – 1919 (campeão)
Convocados: Amílcar e Neco

Brasil – 1922 (campeão)
Convocados: Amílcar, Neco e Rodrigues

Argentina – 1937 (vice-campeão)
Convocados: Brandão, Brito e Jaú

Uruguai – 1942 (terceiro lugar)
Convocados: Brandão, Dino e Servílio

Chile – 1945 (vice-campeão)
Convocados: Begliomini, Domingos da Guia e Servílio

Argentina – 1946 (vice-campeão)
Convocados: Aleixo e Domingos da Guia

Brasil – 1949 (campeão)
Convocado: Cláudio

Peru – 1953 (vice-campeão)
Convocados: Baltazar, Cláudio e Gylmar dos Santos Neves

Uruguai – 1956 (quarto lugar)
Convocados: Baltazar, Cabeção, Gylmar dos Santos Neves, Julião, Luizinho, Olavo e Roberto Belangero

Peru – 1957 (vice-campeão)
Convocados: Cláudio, Gylmar dos Santos Neves, Índio, Olavo, Oreco e Roberto Belangero

Argentina – 1959 (vice-campeão)
Convocado: Gylmar dos Santos Neves

Bolívia – 1963 (quarto lugar)
Convocado: Cláudio Danni

América do Sul – 1979 (terceiro lugar)
Convocados: Amaral, Palhinha e Sócrates

América do Sul – 1983 (vice-campeão)
Convocados: Emerson Leão, Sócrates e Wladimir

Argentina – 1987 (primeira fase)
Convocado: Carlos Gallo

Chile – 1991 (vice-campeão)
Convocados: Márcio Bittencourt, Neto e Ronaldo Giovanelli

Equador – 1993 (quartas de final)
Convocado: Viola

Uruguai – 1995 (vice-campeão)
Convocado: Souza

Bolívia – 1997 (campeão)
Convocado: Célio Silva

Paraguai – 1999 (campeão)
Convocados: Dida, João Carlos e Vampeta

Colômbia – 2001 (quartas de final)
Convocados: Dida e Ewerthon

Chile – 2015 (quartas de final)
Convocado: Elias

Brasil – 2019
Convocados: Cássio e Fagner.

Fonte: GazetaEsportiva.com

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui