Pia, o ex-meia de Corinthians e Ponte Preta, foi preso neste sábado (23), em flagrante, pela quarta vez consecutiva, ao tenta furtar envelopes de depósito de uma agência bancária em Cordeirópolis, no interior de São Paulo. É o que informa o site do jornal Lance!.

Desde que pendurou as chuteiras, o ex-jogador já teve seu nome ligado à polícia em outras ocasiões. Ele foi detido outras três vezes pelo mesmo crime, entre 2014 e 2015.

Na última vez em que o ex-atleta foi detido, chegou a ficar oito meses na cadeia. Além disso, ele também tem passagens pela delegacia por porte de drogas e armas, assim como o não pagamento de pensão alimentícia. A Guarda Municipal de Cordeirópolis confirmou a ocorrência.

Piá teve seu nome envolvido em caso policial pela primeira vez em julho de 1999, época em que atuava com a camisa da Ponte Preta. Naquele momento, ele indiciado como coautor do assassinato de um mecânico, em uma lanchonete de Limeira. Ele foi acusado de ser o responsável por dar a ordem para um primo pegar o revólver em seu carro e atirar na vítima, porém foi absolvido.

Era o melhor momento da carreira do ex-jogador, já que fez parte do elenco da Macaca que chegou às semifinais do Paulistão e também da Copa do Brasil, além das quartas do Brasileirão, entre 1999 e 2003. Anos depois, em 2011, quando atuava pelo Aparecidense-GO, anunciou a sua aposentadoria

Suas passagens por Corinthians e Santos foram discretas, atuando apenas em sete partidas pelo Timão durante o Brasileirão de 2004. Já no Peixe, foi comprado no início da carreira, em 1996, mas nunca se firmou. Naquele período, Piá contou que o Rei Pelé foi até o seu apartamento para cobrá-lo pelo comportamento pouco profissional fora de campo.

Por fim, além de Ponte, Corinthians e Santos, ele defendeu as cores de Portuguesa, Santa Cruz, Coritiba, Inter de Limeira, Bragantino, São Raimundo, Rio Preto e Independente de Limeira, entre outros. Ao todo, foram 26 clubes durante a carreira. Como treinador, dirigiu Independente, Novoperário, Batatais e Paraíba do Sul-RJ mais recentemente.

(Crédito da Foto:  Reprodução/Jogo Aberto)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui