Há quatro anos, a Fiel comemorava um título marcante para a história alvinegra. No dia 19 de novembro de 2015, o Corinthians empatou com o Vasco por 1 a 1 em São Januário, no Rio de Janeiro, e conquistou o hexacampeonato brasileiro. O gol alvinegro foi marcado por Vagner Love.

O Timão foi hexacampeão com a melhor campanha da história do Campeonato Brasileiro na era dos pontos corridos desde quando a competição passou a ser disputada por 20 clubes, em 2006, feito que perdurou até o presente ano. O Alvinegro do Parque São Jorge somou 81 pontos, com 24 vitórias, nove empates e apenas cinco derrotas. Também teve o melhor ataque (71 gols marcados) e a melhor defesa (31 sofridos).

O fator Arena Corinthians igualmente teve papel fundamental para a conquista do hexa. Nos 18 jogos que disputou no estádio alvinegro, o Timão venceu 15, empatou dois e foi derrotado só em um. Como mandante, o Corinthians também jogou em Araraquara, onde venceu a Chapecoense.

Já a Fiel fez jus ao nome e compareceu em peso na trajetória do Corinthians rumo ao hexa do Brasileirão. Em média, mais de 34 mil torcedores corinthianos foram aos jogos do Timão em casa. O maior público foi registrado na goleada alvinegra sobre o São Paulo por 6 a 1 na Arena Corinthians, jogo que marcou a festa e a entrega da taça de campeão brasileiro, visto por 44.976 pagantes.

Após o fim do campeonato, muitos jogadores do Corinthians ganharam prêmios individuais. O meia Renato Augusto foi considerado o Craque do Brasileirão pela CBF e ganhou o prêmio Bola de Ouro da revista Placar. O também meia Jadson, que fez 13 gols e foi o líder de assistências com 14, também foi apontado como um dos melhores da competição.

O artilheiro do Corinthians no hexacampeonato brasileiro foi Vagner Love — autor do gol do título contra o Vasco –, com 14 gols. O atacante foi o vice-artilheiro do Brasileirão 2015, ficando atrás só de Ricardo Oliveira, do Santos, que fez 20.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui