O lateral direito Fagner observou de perto o desempenho do Corinthians na sua ausência e, diferentemente do que se esperava, viu o uruguaio Bruno Méndez ser improvisado no setor em meio à lesão do seu reserva imediato, Michel Macedo. Na avaliação do defensor da Seleção Brasileira, o jovem de 19 anos, que estreou como jogador do clube, teve boas atuações.

“Com relação ao Bruno, ,foi muito bem. É um jogador que não vinha atuando muito, entrou em jogos decisivos”, começou o camisa 23, que havia treinado alguns meses com Méndez, mas nunca havia visto ele como seu suplente nas atividades.

Além da primeira vez que foi acionado, contra o Cruzeiro, no dia 8, no Mineirão, Méndez foi titular contra o Santos, na Vila Belmiro, e nos amistosos diante do Botafogo-SP, do Vila Nova-GO e do Londrina-PR. Contra o CSA, no domingo, ele deve ficar como opção tanto para a zaga quanto para o próprio Fagner.

“A gente sabe que é difícil para um jogador, muitas vezes não está nem no seu país. Entra numa posição que não é a dele, a gente fica feliz por ele ter conseguido ir bem. Cada dia que passar, fica o aprendizado para ele”, continuou o jogador.

Convocado para os Jogos Pan-Americanos de Lima, que começam no dia 26 deste mês, o jovem foi liberado para se apresentar apenas no 22, quando ele e seus compatriotas embarcam para a disputa. Dessa forma, ele ficará à disposição de Fábio Carille para o embates frente a CSA-AL e Flamengo, ambos na Arena Corinthians.

Caso o Uruguai chegue até a final do torneio, no dia 11, Méndez perderia os embates frente a Fortaleza, Palmeiras e Internacional. Ele também não estará com o elenco nos duelos frente ao Montevideo Wanderers, pela Sul-Americana, mas ele não pode ser inscrito na competição.

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui