Matheus Jesus
Divulgação/Twitter.com/RedBullBraga

Contratação mais polêmica do Corinthians em 2019, Matheus Jesus não deve figurar no elenco alvinegro na próxima temporada. O volante está emprestado ao RB Bragantino e a meta de jogos para uma compra obrigatória já foi atingida.

Quem garante é o ex-diretor de futebol alvinegro Duílio Monteiro Alves. O candidato a presidência do Timão, no próximo dia 28 de novembro, contou ao GE que o time de Bragança Paulista terá comprá-lo ao fim do Campeonato Brasileiro 2020.

A gente fez um contrato nos mesmos moldes com o Red Bull, empréstimo com obrigação de compra. É um jogador que acabou até sendo vendido, vai ser executado o contrato no término do campeonato, tinha um número de jogos que ele já cumpriu“, assegurou o dirigente.

Mais lidas da semana:
+ Quanto o Timão deixou de faturar com Libertadores e Copa do Brasil
+ Pandemia faz patrocinadora romper contrato com o Corinthians; Timão receberá por rescisão
+ Matheus Davó, atacante do Corinthians, presenteia sua mãe com um carro

No entanto, de acordo com o site Meu Timão, o RB Bragantino ainda não é obrigado a efetuar o pagamento de Mateus Jesus por faltar 10 partidas para o cumprimento do acordo. O volante soma 20 jogos em 2020 e precisa atingir 30 vezes em campo.

A única forma do jogador de 23 anos sem adquirido pelo time com forte investimento da empresa Red Bull é com a extensão do vínculo que vence em 31 de dezembro para fevereiro – fim do Brasileirão 2020.

Jesus é muito elogiado internamente em Corinthians e RB Bragantino, com potencial acima da média, mas seus problemas extra-campo o impedem de conseguir se firmar e elevar seu nível técnico.

Matheus Jesus igual Paulinho?

Duílio, inclusive, diz que foi Fábio Carille quem bancou sua compra pelo Timão. O ex-treinador alvinegro via Matheus Jesus com potencial de atingir o futebol de Paulinho – campeão da Libertadores de 2012.

Depende muito do negócio. A vontade do treinador vocês acompanharam, era o Carille na época, ele comparava até ao Paulinho, era artilheiro do Paulista, era uma vontade muito grande dele. Fizemos o negócio, ele acabou nem usando o jogador“, afirmou Duílio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui