A Arena Corinthians, no bairro de Itaquera, está em dia com o pagamento de suas contas. Porém, os juros das parcelas fazem a dívida do estádio corintiano só aumentar. Nesta sexta-feira, o clube deve, aproximadamente, R$ 1,1 bilhão de um estádio que começou com o custo de R$ 985 milhões. As informações são do jornal ‘Estadão’.

São duas as empresas que o Corinthians deve pela construção da Arena. A Odebrecht, que precisa receber R$ 650 milhões e o BNDES, que cobra R$ 460 milhões. O presidente Andrés Sanchez tenta negociar os valores dos juros e encargos nas parcelas. Em reuniões entre as partes, o Corinthians argumenta que várias obras que foram prometidas para o estádio não foram realizadas, A construtora Odebrecht alega que estas obras não foram entregues pois outras construções foram pedidas pelo clube. Uma dessas obras foi o espaço da imprensa no setor Oeste.

A relação entre Corinthians e Odebrecht não é ruim. A construtora cogita tirar juros do total da dívida. Dos R$ 650 milhões, o Corinthians só pretende pagar cerca de R$ 122 milhões, que é quanto o clube ainda tem a receber dos CIDs (Certificado de Incentivo ao Desenvolvimento).

Com o BNDES, o Corinthians conseguiu um acordo para quitar a dívida até 2028. Para isso, o clube paga parcelas mensais de R$ 6 milhões, de março a outubro de cada temporada, e R$ 2,5 milhões entre novembro e fevereiro. O acordo foi costurado pelo presidente Andrés Sanchez.

O Corinthians já pagou até agora R$ 306 milhões, cerca de R$ 140 milhões ao financiamento do BNDES e R$ 166 milhões por meio dos CIDs.

O Timão vem utilizando de vários recursos para pagar a dívida do Itaquerão. O mais importante desse recurso é a bilheteria. Cerca de 75% dos ganhos da bilheteria das partidas são destinados para pagar a dívida do estádio. O restante do dinheiro vem com a arrecadação da venda de camarotes, Tour na Arena, aluguel de lanchonetes e academia. O Corinthians não divulga o valor recebido destes recursos.

Vale lembrar que a Odebrecht pagou toda a conta do estádio, que inicialmente estava orçado em R$ 820 milhões. Porém, os custos aumentaram para R$ 985 milhões quando o estádio foi definido como palco de abertura da Copa de 2014. Com a correção para os dias de hoje, a Arena Corinthians deve custar algo em torno de R$ 1,4 bilhão, valor que o Corinthians não tem condições de pagar sozinho.

Completando cinco anos de inauguração, a Arena Corinthians já recebeu 171 jogos oficiais, com 109 vitórias, 44 empates e 18 derrotas com aproveitamento de 72,3%. São 280 gols marcados e 113 sofridos. Angel Romero é o artilheiro do estádio, com 27 gols marcados na casa corintiana.

Fonte: Lance

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui