O Corinthians pode mandar algumas partidas fora da arena de Itaquera em breve. De acordo com Andrés Sanchez, presidente do clube alvinegro, caso seja necessário interromper temporariamente os jogos no estádio para tratar o gramado, a medida será tomada.

“O gramado está ruim, pelo que sempre foi”, disse Sanchez, que citou o evento realizado com caminhões no gramado em dezembro como prejudicial, além dos fungos que afetaram o piso. “Vamos ver se arruma antes da Copa América. Se não, vai ter que parar de jogar lá para arrumar o gramado. A verdade é essa”, afirmou, nesta quinta-feira.

O Estádio de Itaquera é uma das sedes da edição de 2019 da Copa América, que será realizada no Brasil entre os dias 14 de junho e 7 de julho. Segundo Andrés Sanchez, o clube pode sair de sua arena antes do torneio continental, possivelmente para jogar no Pacaembu – o Morumbi, do rival São Paulo, está descartado.

“Vamos ter uma reunião na semana que vem com o pessoal do gramado. Se não conseguir ficar 100% bom, vamos ter que parar. O que não pode é ficar o gramado do jeito que está, por erro nosso. Fizeram aquele evento do caminhão”, afirmou o corintiano.

A arena de Itaquera recebeu o jogo decisivo entre Corinthians e Ferroviária na noite da última quarta-feira. Responsável por desperdiçar uma cobrança na disputa de pênaltis, o volante Tony, da equipe de Araraquara, criticou o gramado do estádio.

Com a presença de Andrés Sanchez, a FPF definiu na manhã desta quinta-feira os detalhes dos confrontos válidos pelas semifinais do Campeonato Paulista. Às 16 horas (de Brasília) deste domingo, no estádio de Itaquera, o Corinthians encara o Santos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui