A discussão sobre quantos e quais são os grandes clubes do Brasil é complexa e polêmica. A definição de “grandeza” do futebol é variável. Afinal, os quesitos para definir os gigantes do Brasil podem englobar história, conquistas, dinheiro, torcida e etc.

Por isso, o jornal Gazeta do Povo elaborou um ranking com um recorte atual para medir como está essa disputa. O critério escolhido é simples: títulos e conquistas nos últimos 10 anos.

O ranking leva em consideração os feitos entre 2009 e 2018 dos 20 clubes que participam das Séries A e B do Brasileirão. Foram computados títulos regionais, nacionais e internacionais, cada um com um peso diferente. Também valem pontuação as campanhas até determinadas fases dos principais torneios disputados. O peso das pontuações foram escolhidos pela editoria de esportes da Gazeta do Povo.

Os números de 2019 não foram computados porque a temporada ainda está em andamento. No final do ano, o ranking será atualizado com os valores exatos da década quando serão retiradas as pontuações de 2009 para acrescentar os feitos de 2019.

Ranking Brasileirão

O que o Corinthians fez em 10 anos

Regras utilizadas

O Mundial de Clubes é a maior conquista que seu time pode alcançar, por isso vale 500 pontos, segundo o ranking. Antes dela vem a Libertadores (400). Mas não é só o campeão que soma pontos. Dependendo a competição, existem vários níveis de pontuação. O gráfico abaixo explica essa hierarquia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui