O Corinthians não vive os seus melhores momentos nesse início de temporada, tanto dentro de campo quanto nos números. Muito disso está relacionado ao aproveitamento do time jogando como visitante nesta temporada. Até aqui, a equipe de Tiago Nunes ainda não venceram fora de casa e tem o segundo pior retrospecto entre os clubes de Séria A neste ano, só perdendo para o Botafogo no quesito.

Nesses dois meses que antecederam a pausa no futebol brasileiro, o Timão fez seis partidas fora de casa, empatou três (Mirassol, São Paulo e Novorizontino) e perdeu três (Ponte Preta, Guaraní-PAR e Água Santa), marcou apenas quatro gols e sofreu sete. O aproveitamento é de 16,67% dos pontos disputados, ou seja, conquistou três em 18 possíveis.

Em contrapartida, as estatísticas dentro de casa também estão longe de ser boas, mas melhores do que aquelas como visitante. Em seus domínios, o Corinthians venceu três (Botafogo-SP, Santos e Guaraní-PAR), empatou duas (Santo André e Ituano) e perdeu apenas uma (Inter de Limeira), aproveitamento de 61,11% dos pontos disputados, ou seja, conquistou 11 dos 18 possíveis.

Tal fator negativo faz com que o aproveitamento alvinegro despenque. Neste momento, o Timão tem o pior retrospecto entre os clubes de Série A em 2020: apenas 38,89% dos pontos disputados no período. Possivelmente, registrando números mais equilibrados com mando e sem mando de campo, a situação poderia estar diferente.

No primeiro jogo da Libertadores, no Paraguai, por exemplo, os corintianos foram derrotados por 1 a 0 e tiveram um desempenho abaixo da crítica. Na volta, na Arena, levou uma desvantagem complicada, precisando ganhar por dois gols de diferença. A vitória por 2 a 1 acabou sendo insuficiente para a classificação.

Comparando esse desempenho ruim fora de casa com o dos outros clubes de Série A nesta temporada, o Timão tem o segundo pior, só perdendo para o Botafogo, que tem apenas 11,11% de aproveitamento, com dois empates e quatro derrotas. Em comum, ambos os times fizeram seis jogos oficiais como visitantes e ainda não venceram nessas condições em 2020.

Na volta da paralisação e na retomada das competições, esse equilíbrio de resultados dentro e fora de casa será um dos principais objetivos de Tiago Nunes no trabalho de reconstrução do time em busca de um bom desempenho no Campeonato Brasileiro e na Copa do Brasil. Ainda não há data prevista para o retorno desses torneios, nem para as atividades do elenco.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui