O zagueiro Gil não só deseja voltar ao Brasil como pretende fazer isso antes do fim de seu contrato, em dezembro de 2019. Com questões pessoais a resolver no Brasil, ele planeja deixar o Shandong Luneng, da China, já no meio desta temporada. Ciente disso, o Corinthians entrou em ação.

Em negociação conduzida pelo presidente Andrés Sanchez, o Timão tenta a liberação sem custos de Gil. As tratativas não são simples.

Mesmo que o Shandong Luneng aceite abrir mão do zagueiro seis meses antes do fim do contrato, o Corinthians precisa chegar a um acordo financeiro com o jogador e superar a concorrência de outros clubes.

O fato de Gil ter prestígio no Shandong Luneng, equipe que defende desde 2016, facilita um acordo amigável. Para os chineses, o benefício de antecipar a saída seria se livrar de valores que têm a pagar ao zagueiro até o fim do ano.

O clube que contratar Gil, por sua vez, terá de arcar com este montante. O jogador concorda em reduzir seu salário para atuar no Brasil, mas não quer abrir mão do que tem a receber até dezembro.

Embora a diretoria do Corinthians aposte na boa relação com o zagueiro e no fato de os filhos dele morarem em São Paulo, a contratação é tratada com cautela. A concorrência do Grêmio, que admite publicamente o interesse em Gil, e de outras equipes brasileiras deixa o Timão em alerta.

Prestes a completar 32 anos, Gil está convicto de que é o momento de voltar ao Brasil e pediu a seu empresário, Carlos Leite, para costurar um acordo para que ele saia do Shandong pelas portas da frente.

O defensor também falou do assunto com pessoas do Corinthians, mas não chegou a se comprometer em fechar com ex-clube. Recentemente, ele usou o Twitter para negar um acerto verbal com o Timão.

– Tenho carinho enorme pelo Corinthians, mas não posso iludir ninguém e sim trabalhar com a verdade – escreveu, em 22 de março.

A possível volta de Gil empolga Fábio Carille, que trabalhou com o zagueiro entre 2013 e janeiro de 2016. O treinador entende que o jogador acrescentaria não só poder defensivo à equipe, como também daria mais qualidade à saída de bola, um dos problemas detectados pela comissão técnica.

Atualmente, além dos zagueiros titulares Henrique e Manoel, Carille conta com Bruno Méndez, Marllon e Pedro Henrique para a posição. João Victor, formado na base, também está integrado ao elenco.

Gil disputou 184 jogos e marcou sete gols pelo Corinthians. Ele foi campeão paulista, brasileiro e da Recopa Sul-Americana pelo Timão.

O Shandong Luneng é o quarto colocado do Campeonato Chinês e nesta quarta-feira garantiu classificação para a fase final da Liga dos Campeões da Ásia.

Fonte: Globo Esporte

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui