Principal líder do elenco do Corinthians, o goleiro Cássio marcou presença em entrevista coletiva virtual nesta quinta-feira (4) e confirmou que os jogadores alvinegros estão abertos a maior corte nos salários para evitar demissões em meio à pandemia do novo coronavírus.

Até o momento, o Corinthians comunicou que reduziu 25% dos salários dos jogadores no início de maio. De acordo com o diretor-executivo de futebol, Duílio Monteiro Alves, a ideia é repetir isso em junho. Já os demais funcionários, tiveram cortes de 50% e 70%.

Tudo o que possa ser conversado e ajustado, a gente está aberto e vamos conversar para ajudar. A gente sabe o momento que está passando, o que está acontecendo, é tudo com diálogo, conversa, não tem disse-me-disse, ou que o jogador se manifestou. Tudo o que o Corinthians tem conversado com a gente a gente tem acatado, tem feito. Trabalhando em conjunto, no final a gente sempre se acerta“, disse.

Os caras que dirigem o Corinthians, o Duílio (Monteiro Alves, diretor de futebol), o presidente Andrés (Sanchez), Vilson (Menezes, gerente de futebol), Edu (Ferreira, diretor-adjunto), são pessoas que estão sempre conversando com a gente, falando, nada é resolvido por eles, mas sim em conjunto. A gente sempre teve voz para conversar, sempre teve abertura. No meu ponto de vista, tudo o que é dialogado e conversado em conjunto dá um bom resultado“, completou.

Questionado se é a favor da volta do futebol sem haver um controle do covid-19, o goleiro do Timão se diz mais preocupado com a questão financeira das pessoas que ficaram sem trabalho em razão da doença.

Me preocupa muito a situação de pessoas perderem o emprego por causa dessa situação, conheço um pouco o Corinthians e sei o quão grande é, quantas pessoas trabalham lá dentro“, afirmou.

Como não há treinos no CT Dr. Joaquim Grava, o Corinthians colheu perguntas de diversos veículos de imprensa e promoveu a gravação de um vídeo em que Cássio pudesse conversar com a imprensa e o torcedor alvinegro.

Na visão do goleiro, a pausa de quase 70 dias pode ser benéfica ao Timão já que pode analisar erros e acertos do início de trabalho do técnico Tiago Nunes e começar as correções mesmo que sem a bola rolar nos trenos.

Creio que sim. Infelizmente, tivemos que ter essa parada por causa da pandemia, mas creio que vamos voltar. Nessa parada a gente tem que ser inteligente, falo por mim, no sentido de olhar o que tem feito, o que vai melhorar. Falo num sentido geral de evoluir, está tendo tempo, então olhar os vídeos dos jogos. Eu falo por mim: tenho evoluído a questão de jogar com os pés, mas tenho que evoluir mais“, finalizou.

ASSISTA AO VÍDEO DA ENTREVISTA COLETIVA DE CÁSSIO:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui