Criado no Terrão do Corinthians, Maycon deixou o clube na metade de 2018 rumo ao Shakhtar Donetsk, da Ucrânia. Em menos de um ano, o volante conquistou os dois principais títulos em disputa no país e passou a ser peça importante do time conhecido por ser a casa de diversos brasileiros na Europa. Longe do clube que o criou, Maycon revela que sente saudade do local onde passou alguns dos melhores momentos da carreira: a Arena Corinthians.

“O que sinto mais falta no Corinthians é atuar na Arena. Sempre sonhei em jogar no Corinthians, em um estádio lotado, e consegui realizar isso. A atmosfera que os torcedores criam lá é diferente, não dá para explicar. Pelo fuso horário, às vezes é complicado acompanhar, mas continuo assistindo e torcendo. Além de manter o contato, ainda tenho muitos amigos lá, em especial com os jogadores que subiram comigo, os mais jovens”, contou Maycon, em entrevista ao portal UOL Esporte.

Com status de campeão brasileiro, título conquistado em 2017, Maycon assinou contrato com o Shakhtar em junho de 2018. Na época, o jogador era titular do time, havia se tornado pai de primeira viagem recentemente e partiria para a Ucrânia, país de condições climáticas e cultura bem diferentes do Brasil. Apesar do “frio na barriga”, o volante de 21 anos de idade rapidamente se adaptou ao futebol europeu, conquistando o Campeonato Ucraniano e a Copa da Ucrânia.

“Acredito que me adaptei muito bem. Sabemos que o primeiro ano de Europa é sempre complicado pelas diferenças que tem em relação ao Brasil, desde o estilo de jogo ao clima e língua. Tem aspectos aqui que não tem como fugir, é natural demorar um pouco para se acostumar, mas acredito que consegui me adaptar rápido e ajudar a equipe da melhor forma dentro de campo. Para um primeiro ano, foi muito bom”, avalia Maycon.

Batedor de faltas no Shakhtar, Maycon marcou três dos cinco gols no novo time em cobranças de longa distância. O quesito foi aprimorado na Ucrânia, mas o jogador conta que aprendeu bastante ao observar um antigo companheiro nos tempos de Corinthians.

“Eu sempre treinei muito, busquei me aprimorar e, graças a Deus, saíram muitos gols assim neste ano. É bem legal, é um trabalho particular que sempre me esforcei para evoluir desde o Corinthians. Naquele momento, o Corinthians estava muito bem servido, com atletas experientes que tinham ótimas cobranças de falta e mais tempo de casa, como o Jadson, por exemplo. Foi ótimo poder treinar com ele, aprendi muito”, relembra o volante.

Após a saída de Maycon, o Corinthians demorou para achar um substituto com características parecidas. Em 2019, a torcida corintiana vê em Júnior Urso um volante com chegada ao ataque, assim como o atual meio-campista do Shakhtar, que avaliou o novo dono da posição.

“Já havia jogado contra o Júnior Urso quando atuava no Brasil e venho acompanhando ele desde que chegou ao Corinthians. Temos algumas características parecidas, de pisar na área, de fazer gols, e o Corinthians também valoriza isso nos últimos anos. Ele vem provando que é um grande jogador, e com certeza o Corinthians está bem servido. Tenho certeza que vai dar muito certo”, afirma.

A decisão de deixar o clube paulista foi difícil, mas Maycon se apoiou no desejo de realizar um sonho: o de jogar a Liga dos Campeões. Em sua estreia na competição europeia, o volante deixou o banco de reservas para marcar o segundo gol do Shakhtar no empate por 2 a 2 contra o Hoffenheim, em chute de fora da área.

“Foi um sonho realizado. Vim para a Europa para disputar a Liga dos Campeões, jogar no mais alto nível do futebol mundial, e estrear fazendo o gol que garantiu aquele empate no fim foi muito gratificante. É algo que me lembro com muito orgulho”, afirma.

No fim da temporada europeia, o volante sofreu lesão no ligamento cruzado do joelho esquerdo, o que o forçou a passar por cirurgia operação. Recuperandose da operação, Maycon deve retornar ao Brasil nos próximos dias para ficar perto de seus familiares e realizar tratamento no CT Joaquim Grava. O jogador pode ficar até seis meses afastado dos gramados.

Fonte: UOL Esporte

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui