A Caixa Econômica Federal se pronunciou nesta sexta (13) sobre ter executado dívida referente ao financiamento junto ao BNDES para bancar parte da construção da Arena Corinthians. Em comunicado oficial, o banco afirmou que o débito cobrado é de R$ 536 milhões. Disse também que está disposto a um acordo.

“A CAIXA informa que ajuizou, em 22 de agosto de 2019, a execução de R$ 536 milhões contra a Arena Itaquera S/A em razão do vencimento antecipado da dívida, decorrente da inadimplência contratual” , diz a nota.

“A CAIXA informa que está disposta à conciliação” , completa o banco. A Arena Itaquera é a empresa criada para viabilizar a construção do estádio corintiano. Ela é controlada pelo fundo formado por Odebrecht e Corinthians.

9 COMENTÁRIOS

  1. POLÍTICO PRESTA? Todo mundo sabe que o Bozo deu ordem por vingança e a diretoria da Caixa teve que aceitar. O duro é ver Bozolóide defendendo esse vagabundo. Já chega as aventuras do PT que enterrou nosso time em dívidas e ainda teve o Haddad que bloqueou os CIDs. VOCÊ TEM TIME PARA TORCER E ELE É VENCEDOR, NÃO TORÇA PARA POLÍTICO QUE ELES NÃO PRESTAM

  2. Agora a culpa é do Bolsonaro?… O pior cego é aquele que não quer enchegar.
    O Corinthians deve então tem que pagar, quem mandou se meter com políticos corruptos.
    Sou corinthiano e temos que ser realistas!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui