Os planos da comissão técnica do Corinthians de dar chance a Gustagol no primeiro semestre de 2019 podem ser modificados. A reportagem do Meu Timão apurou que o centroavante recebeu uma oferta do Erzurumspor, antepenúltimo colocado da Primeira Divisão da Turquia.

Os valores de luva e salário agradaram bastante ao jogador, já que são substancialmente maiores do que os recebidos no Parque São Jorge. Mas dois obstáculos precisarão ser retirados do caminho para o negócio ser concretizado.

O primeiro é a liberação do Corinthians em si. Não era ideia do técnico Fábio Carille de liberá-lo antes de dar uma nova chance ao centroavante que brilhou na Série B pelo Fortaleza, fechando a temporada 2018 como principal artilheiro do país (30 gols).

O segundo é a forma que o Erzurumspor demonstrou interesse no jogador: por empréstimo. A diretoria do Timão não vê com bons olhos mais um empréstimo de Gustagol antes de uma nova tentativa de dar certo com a camisa alvinegra – atuou nove jogos no Brasileirão 2016 e foi mal. A ideia seria de uma liberação definitiva.

Diante desses dois obstáculos, a tendência é que Gustagol não seja liberado mesmo. A reportagem do Meu Timão conversou com pessoas próximas ao presidente Andrés Sanchez, que falaram da intenção de segurar o jogador neste primeiro semestre de 2019.

A chegada de Boselli, que tem agendado exames e assinatura de contrato nesta sexta-feira, poderia jogar a favor de Gustagol em relação à liberação do Corinthians. O argentino e Roger permaneceriam no elenco do primeiro semestre como opções de centroavante. Mas não deve rolar…

Fonte: Rodrigo Vessoni, do Meu Timão

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui