O meio-campista Ángelo Araos começa neste sábado uma competição que pode mudar sua trajetória no Corinthians. Em baixa com o técnico Fábio Carille, que não o escala desde o dia 14 de fevereiro, em duelo contra o Novorizontino, pelo Campeonato Paulista, ele terá uma chance de mostrar sua capacidade com a seleção olímpica do Chile, no Torneio Maurice Revello.

O jogador é visto como um grande potencial dentro do clube, mas já foi definido há cerca de um mês que ele será emprestado para ganhar mais rodagem. A ideia é que ele fique no Brasil para continuar se adaptando ao país, mas sua participação na competição pode facilitar uma transferência.

Com empréstimo válido até a metade deste e acordo já assinado para ter seus direitos econômicos comprados por cerca de 4,5 milhões de euros (quase R$ 20 milhões), ele é um dos atletas mais caros do atual elenco. Ou seja, é interessante para a diretoria que ele tenha mais chances de jogar e evite que sua chegada se transforme em prejuízo.

O Chile terá no seu grupo as equipes da Inglaterra, Japão e Portugal, este último seu adversário na estreia, a partir das 12h30 (de Brasília) deste sábado. A competição, antigamente conhecida como Torneio de Toulon, normalmente recebe vários olheiros de clubes do exterior. Atualmente, Araos só recebeu sondagens de times brasileiros, como a Chapecoense.

“Araos tem algumas procuras. Prioridade é queele fique no Brasil até pela adaptação. O Corinthians fez um investimento, é um jogador de qualidade. A intenção é que permaneça aqui para se adaptar ao futebol brasileiro”, explicou, no começo deste mês, o diretor-adjunto de futebol do clube, Duílio Monteiro Alves.

Fonte: Gazeta Esportiva

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui