Carlos Augusto Corinthians
Divulgação/Twitter.com/CarlosAugustonz

O Corinthians assumiu o erro na divulgação do modelo de venda de Carlos Augusto ao Monza, da Itália, e corrigiu em nota oficial, nesta sexta-feira, avisando que somente irá lucrar 60% do lucro que o clube italiano tenha sobre a venda do lateral-esquerdo.

A informação caiu como uma bomba em meio a torcida e uma chuva de críticas foi feita ao presidente Andrés Sanchez e o ex-diretor de futebol Duílio Monteiro Alves. Porém, o empresário do atleta de 21 anos não vê o negócio ruim.

Em entrevista ao GE, o agente responsável pela carreira de Carlos diz que o Corinthians tem grande possibilidade de conseguir faturar um bom valor na próxima venda do jogador.

Mais lidas da semana:
+ Quanto o Timão deixou de faturar com Libertadores e Copa do Brasil
+ Pandemia faz patrocinadora romper contrato com o Corinthians; Timão receberá por rescisão
+ Matheus Davó, atacante do Corinthians, presenteia sua mãe com um carro

Pela falta de lateral-esquerdo no mercado, isso vai acontecer. Carlos é um jogador que já tem características defensivas, mas que vai aprimorar muito no Monza. A Itália é uma fábrica de defensores. Num percurso natural, sem lesões sérias, jogando pelo menos 60% dos jogos e subindo para a Primeira Divisão, no ano que vem ele já estará com um valor de mercado de 20 milhões de euros (R$ 127 milhões)“, explicou.

Ao todo, o Corinthians lucrou 4 milhões de euros (R$ 25,7 milhões) à vista com a venda de Carlos Augusto. Agora, para lucrar, precisa torcer para o Monza negociá-lo com algum mercado que pague o valor acima de 4 milhões de euros para poder beliscar 60% do lucro do time italiano no negócio.

Pode ter certeza de que o Corinthians ainda vai lucrar muito com o Carlos“, destacou o agente.

Inicialmente, o Timão esperava negociar Carlos Augusto por valor próximo a 10 milhões de euros. Entretanto, devido a dificuldade de receber a quantia da venda de Pedrinho ao Benfica, de Portugal, somada à pandemia do coronavírus, acabou topando negócio por valor infelior apostando em lucrar no futuro.

Simulação de lucro de Carlos Augusto

Caso o Monza venda Carlos Augusto pelos 20 milhões de euros projetados pelo agente, o Corinthians terá direito a lucro de 60% sobre 16 milhões de euros – o valor de 4 milhões de euros é descontado por ser o valor pago pelos italianos na compra do atleta.

Então, o Timão ficará com 9,6 milhões de euros a mais (60% de 16 milhões de euros, o valor excedente àquele que o Monza pagou pela contratação).

1 COMENTÁRIO

  1. Essa diretoria (com “d” minúsculo), faz uma merda atrás da outra. Qual é a novidade? Só os sócios que pretendem votar nesse lixo Duílio é que não enxergam.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui