No domingo dia 11, o Corinthians empatou em um jogo sem gols contra o Internacional no Beira Rio pelo campeonato brasileiro. Não é o pior resultado possível, saímos com 1 ponto de um jogo contra um adversário difícil fora de casa, porém o que incomodou parte da fiel foi a postura do time em campo, rendendo várias críticas ao técnico Fábio Carille

Antes de começar, devo dizer que particularmente gosto e quero a permanência de Carille como técnico do clube. Timão ainda não perdeu desde o fim da Copa América, está classificado na Sul-americana e dentro do G6, mas algumas coisas devem ser ditas, ao me ver, sobre a postura de Carille à beira do gramado

Este era um jogo importante e que o Corinthians podia ganhar, caso ganhasse chegaria ao G4, mas é fato que o time não jogou como esperado, fez dois tempos que não agradaram parte da fiel, mesmo tendo tido mais chutes a gol (8, 1 a mais que o adversário) o time ainda falhava em produção, e quando a bola chegava ao ataque, não havia finalização

Agora, vamos ao polêmico título, a teimosia de Fábio Carille. Neste jogou, como nos outros, ficou provado que o técnico possui uma teimosia ao insistir em alguns jogadores que não vem rendendo o esperado e deixando bons jogadores no banco, porém este jogo contra o Internacional pareceu gota d’Água parte da torcida. O técnico errou muito nas questões das substituições, tirando jogadores que estavam bem, deixando os que estavam mal, e o principal, recuando o time

As substituições do técnico foram: Everaldo no lugar de Pedrinho, Matheus Jesus no lugar de Sornoza e Ramiro por Clayson

Vagner Love, que fazia uma partida abaixo de seu nível, jogou os 90 minutos. Esta claro que o técnico não iria buscar a vitória, terminamos o jogos com 4 volantes e com um resultado que não agradou a fiel

Fábio Carille é um bom técnico, mas está evidente que ele falha em alguns pontos e demonstra uma teimosia em outros, como o caso do Sornoza, que não anda rendendo mas continua sendo titular, Mateus Vital segue no banco. Ou o argentino Boselli, que quase não entra, talvez não seria esse último jogo para Mauro no segundo tempo? Para Vital no lugar de Sornoza? Um jogo que podíamos e deveríamos ter ganho?

Será que Fábio segue no time se continuar assim? Particularmente, não vejo tais motivos citados acima suficientes para uma recisão do técnico, estamos bem em tudo que estamos disputamos, porém tais coisas deviam ser ditas

Acima de tudo deixo aqui claro que esta não passa da opinião do colunista, o mesmo que defende a permanecia de Carille no time, mas que vê alguns erros em suas ações

6 COMENTÁRIOS

  1. Eu não sou muito a favor do Boselli, não… Mas essa teimosia do Carille tá realmente complicada. No jogo contra o Palmeiras, por exemplo, o Gabriel que tava segurando o Dudu! Tanto que quando saiu (erro do Carille) o Dudu teve liberdade pra chegar com risco. São alguns detalhes que não podemos deixar passar. Everaldo também… Ainda não mostrou pra que veio. Vamos ver

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui