Devido à pandemia do coronavírus, o Corinthians fechou o CT Joaquim Grava para a imprensa por quase um ano e 10 meses. O jejum foi quebrado na última quarta-feira. Os jornalistas puderam acompanhar a atividade de campo, algo que não era permitido desde 13 de março de 2020. A informação é do UOL Esporte.

A Gazeta Esportiva apurou que o principal incentivador da ideia de abrir o local para os profissionais da imprensa foi Sylvinho. O técnico é um dos mais incomodados, dentro do Corinthians, com o distanciamento na relação com a imprensa. Aliás, durante a atividade de quarta-feira, o técnico fez questão de se dirigir aos jornalistas para dar as boas-vindas.

Após o treino, ao lado dos outros membros da comissão técnica, o treinador novamente abriu diálogo, tirou dúvidas e escutou observações.

Leia mais:
+ Carlos Alberto explica por que deu soco na cara de Tévez em treino do Timão
Comentarista diz que Corinthians terá o melhor time no papel e discute com jornalista atleticano
Guerrero, Romarinho e Dentinho no Corinthians? Duilio se manifesta sobre a vinda de novos reforços

Sylvinho deixou claro que o formato de entrevistas virtuais também não o agrada e que muitas “polêmicas vazias” podem ser evitadas.

A tendência é que pelo menos uma ou duas vezes por semana a imprensa tenha a liberação para assistir ao treino. Os dias escolhidos coincidirão com entrevistas coletivas presenciais.

Para entrar no CT, os jornalistas têm de comprovar o ciclo vacinal completo, apresentar um teste negativo para covid-19 feito dentro das 24 horas anteriores, além de não apresentar nenhum sintoma da doença.

Foto: Rodrigo Coca / Agência Corinthians

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui