O atacante Diego Costa, alvo do Corinthians, não jogará no Atlético-MG em 2022. O diretor de futebol, Rodrigo Caetano, revelou que o atleta de 33 anos pediu a rescisão de contrato no fim da temporada passada e faltam detalhes para a quebra do vínculo.

No final da temporada passada, ele (Diego Costa) nos procurou, manifestando esse desejo de sair. Os motivos alegados foram adaptação e questões pessoais. E quando entra no lado da questão pessoal, não dá para argumentar. Ele ficou conosco até o final e foi peça importantíssima nas nossas conquistas”, declarou.

Caetano relatou que a rescisão de contrato com o atacante está em negociação para que ambos os lados tenham o seu lucro no fim da relação – e não haja ação na Justiça por débitos.

Leia mais:
Corinthians acerta saída de Sornoza em definitivo para o Del Valle; veja detalhes
Desejado pelo Corinthians, Cavani já parou em Cássio em duelo entre Brasil x Uruguai; assista
Quanto o Timão planeja gastar em salários com novo centroavante? Jornalista responde

Todas as decisões são do colegiado (incluindo o presidente Sérgio Coelho e os 4 R’s), atendeu-se esse pedido. Estamos construindo o melhor acordo de todas as partes. É muito provável que ele não esteja conosco nesta temporada. Seguem as conversas para um denominador comum“, explicou.

O dirigente do Galo ainda garantiu que Diego Costa ficará livre para defender qualquer clube no Brasil ou exterior. Ou seja, a história da cláusula de que ele não poderia atuar no futebol brasileiro não existe.

Não haveria multa para nenhum dos lados. Era encontrar a melhor solução possível“, finalizou.

O Corinthians monitora a situação e aguarda a assinatura da rescisão para avançar pela contratação de Diego Costa. O clube busca um centroavante de impacto para a Libertadores e terá aporte financeiro do Grupo Taunsa para investir pesado em um novo camisa 9.

“Com o Diego Costa nunca conversei, ele tem contrato com o Atlético-MG. O que sair de diferente disso, não é verdade. Tem muitos centroavantes no mercado. Com um patrocinador nos ajudando nesta busca, o mercado fica muito grande. Temos procurado com cautela”, declarou, recentemente, o presidente do Timão, Duilio Monteiro Alves.

Foto: Pedro Souza/Atlético-MG

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui