Duilio Monteiro Alves, presidente do Corinthians, concedeu entrevista coletiva nesta quarta-feira (12) para falar da busca do Timão por um camisa 9. Ele admitiu, pela primeira vez, o desejo de contar com Edinson Cavani, do Manchester United, e ainda citou Luis Suárez, do Atlético de Madrid, e Diego Costa – de saída do Atlético-MG.

Existiu uma sondagem pelo Cavani. Não posso falar que não falei, porque se der certo mais para frente, vão falar que menti. Se assumo que falei, muitos colegas levam para chacota. O Corinthians é o maior clube das Américas. Estamos fazendo reformulações e, mais rápido do que imaginava, estamos formando um time competitivo“, disse, detalhando a busca por Cavani.

Fiz a consulta e temos vontade e possibilidade de contar com ele por conta dos nossos parceiros. Conversei com o irmão do Cavani porque já acompanhávamos a vontade de estar de volta na América do Sul, estar perto de casa. Temos muito para crescer e melhorar, mas o começo já foi feito. E isso nos permite sonhar com Cavani, Suárez, Diego Costa e com os que tão aqui dentro. A busca existe. Existem outros nomes. Não sei se vai ser Cavani, Diego Costa, mas vai ser um grande jogador. Quando tiver tudo na mesma página, o jogador chegará. Não houve proposta, conversamos com o Cavani. Só conversamos porque está nos seis meses de pré-contrato. É difícil, quase impossível, mas tenho que tentar. E seguiremos nossa busca. Na hora certa, sem correria, com responsabilidade, traremos um camisa 9 a altura do nosso time“, detalhou.

Leia mais:
Corinthians acerta saída de Sornoza em definitivo para o Del Valle; veja detalhes
Desejado pelo Corinthians, Cavani já parou em Cássio em duelo entre Brasil x Uruguai; assista
Quanto o Timão planeja gastar em salários com novo centroavante? Jornalista responde

Duilio fez questão de deixar claro que não há uma possibilidade de cravar o prazo da chegada do novo camisa 9. Ele, no entanto, afirmou que a ideia do Timão é contar com o reforço ainda no primeiro semestre de 2022 e o novo analisado não está no mercado brasileiro.

Hoje não tem alvo no Brasil, buscamos no mundo, mas o dia a dia não sabemos amanhã. Temos camisas 9 no mundo todo. Os que tem no futebol brasileiro são jovens, com valores de passe muito alto e não é viável neste momento“, avaliou.

Vale ressaltar que o presidente alvinegro deixou escapar algumas referências a conversa com os agentes de Suárez. Segundo ele, algum problema interno pode fazer os atletas mudarem de ideia e buscarem novo clube – o uruguaio, recentemente, discutiu com o técnico Diego Simeone por não gostar de ter sido substituído em uma partida.

Hoje o jogador pode estar feliz e amanhã não, isso muda muito. Não posso colocar um prazo, nem falar o jogador. Nossa ideia não é esperar até o meio do ano, temos competições importantes já nesse primeiro semestre, mas precisamos agir com calma. Não vamos colocar um prazo, não é desespero“, concluiu.

Para 2022, o Corinthians acertou a contratação do volante Paulinho e está para anunciar as vindas do goleiro Ivan, ex-Ponte Preta, e o lateral-esquerdo Bruno Melo, emprestado pelo Fortaleza.

Foto: Divulgação/Twitter Cavani

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui