Grande sonho do Corinthians para usar a camisa 9 em 2022, Edinson Cavani já teve duelos contra o Brasil, com o goleiro Cássio e o lateral-direito Fagner, ambos do Timão, e acabou saindo de campo sem saber o sabor da derrota.

Em 2007, o atacante, que hoje joga no Manchester United-ING, liderava no Uruguai no Sul-americano da categoria sub-20, enquanto Cássio e Fagner defendiam a camisa verde e a amarela, em torno disputado no Uruguai. Alexandre Pato, que já vestiu a camisa alvinegra, era a estreia do time brasileira após surgir em destaque pelo Inter.

De acordo com pesquisa do jornalista Tomas Rosolino, do portal “Meu Timão”, o Brasil venceu o Uruguai por 3 a 1 – gols de David Braz, Pato e Kagelmacher (contra). No duelo, Cavani acabou tendo um pênalti defendido por Cássio.

Leia mais
Cinco jogadores que não devem ficar no Timão para a Libertadores 2022
Corinthians estuda a contratação de zagueiro argentino que joga na MLS
João Victor, destaque do Corinthians, entra no radar de times da Europa

Após o Brasil abrir 3 a 0 no primeiro tempo, Cáceres foi derrubado por Eliézio dentro da área e Cavani assumiu a cobrança da penalidade. O centroavante chutou forte no canto esquerdo e Cássio, que na época era promessa do Grêmio, voou bonito e fez defesaça para encaminhar a vitória brasileira.

Quis o destino, porém, que Cavani conseguisse balançar as redes de Cássio. No fim do duelo pelo Sul-americano sub-20, o centroavante deixou dois marcadores na saudade e soltou uma bomba para marcar o gol de honra. Os jogadores ainda trocaram cumprimentos com o goleiro Cássio dando a bola nas mãos do atacante.

Willian, camisa 10 do Timão, também estava naquela seleção brasileira sub-20, mas não entrou em campo em razão de suspensão por acúmulo de cartões amarelos.

Cavani e Cássio se cumprimentam após gol do centroavante no Brasil x Uruguai
Cavani e Cássio se cumprimentam após gol do centroavante no Brasil x Uruguai (Reprodução/Fox)

Cavani no Corinthians?

Em entrevista ao “UOL Esporte”, o agente Walter Guglielmore comentou que o Timão só manifestou interesse, mas não apresentou valores oficiais a Cavani. Hoje, o Timão cogita pagar 3 milhões de euros (R$ 19 milhões) por temporada – com apoio de um patrocinador.

Nós não sabemos de nada ainda. Sinceramente, não posso dizer muito. Mas tenho visto as notícias na imprensa. Não conversamos sobre salário. Só o interesse em levar o Edi [Edinson Cavani]“, disse o irmão de Cavani.

Atualmente, Cavani lida com problemas físicos e não vive a sua melhor temporada como atleta – no ano 2021/2022 soma apenas dez jogos e dois gols marcados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui