Fora dos planos do técnico Sylvinho para 2022, Junior Sornoza foi liberado pelo Corinthians para ficar em definitivo no Independiente Del Valle, do Equador. A informação foi dada pelo site oficial do Timão.

O meio-campista tinha contrato válido até o fim de 2022 e poderia sair de graça a partir do dia 1 de julho. Entretanto, segundo o portal “Meu Timão”, o Corinthians não irá receber uma compensação financeira pela liberação.

Como foi investido a quantia de R$ 11,5 milhões em sua contratação, em 2019, o Timão entrou em acordo com seus agentes para liberá-lo de graça, mas mantendo 50% de seus direitos econômicos para lucrar em futura venda. Assim, existe a chance ter um retorno financeiro nos próximos anos.

Leia mais
Cinco jogadores que não devem ficar no Timão para a Libertadores 2022
Corinthians estuda a contratação de zagueiro argentino que joga na MLS
João Victor, destaque do Corinthians, entra no radar de times da Europa

Sornoza teve início promissor no Corinthians e foi o autor da assistência para o gol de Vagner Love no título paulista de 2019. No entanto, ele caiu de produção, virou alvo de críticas da Fiel e passou a ser investido de 2020 até os dias atuais por falta de intensidade em campo.

Sornoza chegou ao Independiente del Valle no começo desse ano. Antes, já tinha sido emprestado pelo Corinthians à LDU, também do Equador, e ao Tijuana, do México.

Primeiro equatoriano a vestir a camisa do Timão, ele disputou 50 partidas, fez um gol e deu 11 assistências em sua única temporada pelo clube, em 2019.

Foto: Divulgação/Del Valle

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui