Marllon Corinthians
Divulgação/Cuiabá

O zagueiro Marllon, ex-Corinthians e, atualmente, no Cuiabá, relembrou sua passagem de quase quatro anos pelo Timão. Ele contou não ter mágoas com o clube e relembrou uma decisão que tomou na época e que, hoje em dia, vê como “precipitada”.

Destaque da Ponte Preta, Marllon foi contratado pelo Corinthians no começo de 2018 devido ao retorno de Pablo ao Bordeuax, da França, e assinou vínculo de quatro anos. Ele, porém, sofreu para conseguiu minutos no time treinado por Fábio Carille.

Sem espaço no clube, atleta acumulou empréstimos para Bahia, Cruzeiro e agora está no Cuiabá após rescisão. Sobre seu primeiro destino, o atleta contou ter se precipitado, mas justificou com a busca por uma sequência de jogos que não conseguia emplacar no Parque São Jorge.

Leia mais:
Du Queiroz é o 11º atleta revelado pela base a estrear no Corinthians na temporada
Tevez mostra camisa do Corinthians autografada e emociona ex-zagueiro do alvinegro
+ Duilio rebate críticas de que o ‘Timão está quebrado’: ‘Não tem ideia do tamanho do Corinthians’

Obviamente, queria mais sequência, ter jogado mais por lá, ter feito uma história bacana. Tenho certeza de que me precipitei na primeira saída para o Bahia. Foi uma escolha minha, pessoal, por querer jogar mais, não estava tendo sequência e isso pesou na minha saída“, iniciou o jogador em entrevista à TNT.

Não tenho mágoas, não tenho nada a reclamar do Corinthians. Sou grato ao Corinthians pela evolução de modo geral. Sou torcedor, por onde for, sempre vou torcer“, completou logo em seguida, expondo o bom relacionamento e o carinho pelo clube.

O zagueiro também relembrou outros atletas com quem divide elenco e já tiveram passagem pelo Corinthians, como Walter e Clayson. Ele falou sobre a realidade concorrida no Timão, mas voltou a frisar que “não tem nada a reclamar” do clube.

“A concorrência é grande. Aqui (no Cuiabá) tem quatro ou cinco atletas que passaram por lá, alguns tiveram sequências e outros não, creio que todos foram felizes. Ninguém tem nada a falar do Corinthians. Agora é cabeça erguida, seguir em frente. Claro que a gente queria jogar mais, ter sequência, mas é muito difícil”, finalizou.

Números de Marllon no Corinthians

Ao todo, Marllon disputou 34 partidas pelo Corinthians, sendo 24 delas como titular, mas não marcou nenhum gol e deixou o clube debaixo de críticas da torcida alvinegra.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui