Torcedor corinthiano com doença rara comemora título na Arena Corinthians


O bauruense João Pedro da Costa, 14 anos, realizou o sonho, neste domingo (21), de comemorar o título de campeão paulista ao mesmo tempo que assistiu a sua primeira partida na Arena em Itaquera. Portador de doença rara, a epidermólise bolhosa distrófica (veja mais abaixo), o pequeno corintiano entrou em campo com os jogadores, a convite do lateral-esquerdo Danilo Avelar e assistiu a vitória e os gols do próprio Avelar e de Vagner Love, de uma área vip do Timão.

Conforme a reportagem mostrou em 14 de abril, um vídeo da semifinal entre Corinthians e Santos, mostrando o choro do garoto ao vibrar com a classificação corintiana, as imagens viralizaram nas redes sociais e chamaram a atenção de um grupo de amigos torcedores do Corinthians, do Bonde do Timão, que organizaram e bancaram a viagem do menino e duas irmãs, acompanhantes. Mais tarde, depois da repercussão nacional, João Pedro teve a história conhecida pelos jogadores do Corinthians e Danilo Avelar se encarregou de receber o garoto na Arena.

A doença

A doença de João Pedro não tem cura. A epidermólise bolhosa distrófica, faz o organismo não produzir quantidade suficiente de colágeno para a manutenção das camadas da pele. Com isso, qualquer toque no corpo gera pequenas lesões e feridas, que podem demorar anos para cicatrizar. De família simples, ele precisa passar por tratamento paliativo que custa em torno de R$ 20 mil mensais e conta com ajuda de doações. Para poder ir ao jogo ele precisou passar pelo médico e a família e acompanhantes receberam orientações para a segurança da saúde dele, no estádio, que recebeu público superior a 46 mil pessoas.

Postar um comentário

0 Comentários