Palmeiras quer tirar jogador titular do Corinthians



O Corinthians não voltou a procurar o Torino depois de ter a primeira proposta por Danilo Avelar recusada pelos italianos. E a ausência de pressa por parte dos dirigentes corintianos se justifica pelo fato do clube alvinegro ter, por contrato, prioridade em uma eventual compra do lateral esquerdo.

A multa para ficar com Avelar em definitivo é de 1,5 milhão de euros (R$ 6,4 milhões). Mesmo que outros interessados apareçam dispostos a desembolsar o valor, o Corinthians só precisa igualar a oferta para garantir a permanência do atleta em seu elenco.

Enquanto o Timão estuda uma nova investida, a concorrência segue atenta. A Gazeta Esportiva apurou que um dos clubes brasileiros que monitora a situação é o Palmeiras. A pedido de Felipão e por meio de intermediários, o arquirrival do Corinthians pode dar o bote, se perceber que Torino e o clube do Parque São Jorge não chegarão a um acordo.

Antes do Palmeiras, Inter e Grêmio procuraram informações nos bastidores. Na Europa, o único clube que ainda mantém contato é o Fenerbahce, da Turquia.


Conforme a Gazeta Esportiva revelou, o Torino não aceita vender Danilo Avelar por 1 milhão de euros (R$ 4,3 milhões) porque o Corinthians não fez valer a opção de compra que lhe dava o direito de ficar com o lateral exatamente por esse valor, caso a proposta fosse colocada à mesa até dezembro.

Prestes a fazer 30 anos, Danilo Avelar é corintiano assumido e tem vínculo de empréstimo com o alvinegro apenas até julho. Após ficar de fora da primeira final do Campeonato Paulista em função de dores no joelho esquerdo, o jogador corre contra o tempo para estar apto a jogar a finalíssima de domingo, em Itaquera.

Fonte: Gazeta Esportiva

Postar um comentário

0 Comentários