Régis explica por que foi escolhido por Carille e fala de período inativo


Apresentado pelo Corinthians na tarde desta quinta-feira, no CT Joaquim Grava, o meio-campista Régis falou sobre o fato de ter sido escolhido e trazido por Fábio Carille ao Timão. O próprio treinador fez questão de falar que pediu a contratação do jogador à diretoria. Aos 26 anos, Régis chega emprestado até o fim do ano pelo Bahia.

- Acho que Carille me escolheu pelas atuações que tive nos últimos clubes, como foi na Chapecoense, Sport, Bahia, onde fui muito feliz. Acredito que isso possa ter deixado ele animado com a minha chegada - disse o jogador, e completou, ainda sobre o técnico:

- Quando você é contratado pelo treinador, ele sabe do seu potencial. Eu acredito no meu potencial, sei o que posso construir, mas não posso trazer isso como uma pressão. Tenho que sempre melhorar para dar a resposta em campo.

O último jogo oficial de Régis foi em 25 de agosto, ainda pelo Bahia, contra o Santos. Depois disso, participou apenas de alguns amistosos e chegou a vestir a camisa do Al-Wehda, da Arábia Saudita, justamente o ex-clube de Carille. Lá, entretanto, não foi contratado por problemas na documentação.

Por tudo isso, Régis preferiu não cravar uma data para estrear com a camisa do Corinthians em 2019. O 12º reforço do Timão quer estar 100% fisicamente antes de fazer outro jogo oficial.

- Nesse tempo eu só treinei e fiz amistosos. Voltei em janeiro para o Brasil e peguei um fisioterapeuta, um personal e um nutricionista nesse período em que fiquei parado. Chego bem, para ficar disponível o quanto antes. Estou focado em treinar bem, me condicionar, para quando o professor optar por me convocar eu estar bem fisicamente. Assim, quando for chamado para entrar, vou fazer o melhor - finalizou.

Fonte: Lance!

Postar um comentário

0 Comentários