Opinião: Carille Versão 2019


Quando iniciamos 2017, tínhamos um plantel mais modesto que temos hoje em 2019, mas isto não foi motivo para o desconhecido Carille, fechar o grupo, trabalhar, trabalhar e trabalhar até que o time se encaixasse após a vitoria contra o Palmeiras.

Mas neste ano, estamos vendo um Carille diferente. Não estou falando porque ele deixou de ser um desconhecido, e tampouco não falo de ego que anda muito inflado, destratando jornalistas, mas sim falo pelo time que estamos vendo em campo.

O Carille ficou famoso por ser especialista em defesa. Era o treinador do Tite e aprendeu com o Mano Menezes. Em 2017/2018 fazíamos um gol e depois fechávamos a casinha e não passava mais nada.

Em 2019 temos mais opções táticas que 2017, um centroavante em ótima fase igual 2017 e mesmo assim ainda não engrenamos.

Nossa defesa, que era o diferencial dos últimos anos, está sendo vazada facilmente. Muitos criticam os zagueiros, que são mais fracos que os antigos, mas se analisar a cada gol tomado nosso esquema tático de hoje não favorece.

Não temos mais a pegada forte no meio campo, nossos laterais deixam cruzar e logo sobrecarregam a defesa que também não ajuda. Junior Urso ainda está  entrando em forma, logo ainda não faz o papel que o Maicon fazia em 2017.

Nosso meio campo não faz um transição rápida entre defesa e ataque. Não temos uma triangulação e nenhuma ataque vertical.

Nosso ataque pega a bola ou corta para dentro e cruza ou volta a bola para os laterais que começam a trocar a bola entre eles. Trocamos passes desnecessário na zaga onde poderíamos ser mais agudos e darmos mais bola ao nosso centroavante.

Não podemos aceitar que o jogo de ontem contra o Santos, começando o terceiro mês de trabalho, que o Carille venha aos microfones e diga que foi a melhor partida até agora. Ele já foi por 2x este ano falar que tinha encontrado o padrão de jogo.

Há quem diga, que classificamos na copa do brasil e sul-americana, não perdemos clássicos e é isto que importa, mas meus caros corintianos, não é não, se não formos mas estáveis nosso time não irá ganhar o Brasileiro que é sim o titulo mais importante do ano (já foi uma vergonha não estarmos na libertadores deste ano).

Acho que os 6 meses na Arabia não fez bem ao Carille versão 2019, pois ele ainda não encontrou o esquema tático que faça a gente ter a empolgação dos últimos anos, a gana de ganhar, pelo contrário só vejo ele tentar dar explicação em cima de justificativa.

Espero sim que ele acerte o esquema, posicione melhor nossa zaga, nosso meio campo volte a criar para que possamos comemorar mais gols criados e não gols achados.

Vai Corinthians !

Postar um comentário

0 Comentários