Mãe de uma das vítimas do massacre em Suzano é convidada para jogo na Arena Corinthians

A diretoria do Corinthians convidou a família de uma das vítimas do massacre na Escola Estadual Professor Raul Brasil, em Suzano (SP), para acompanhar o jogo diante do Oeste, neste domingo, num dos camarotes da Arena Corinthians.

Sócia da Gaviões da Fiel, principal torcida organizada do clube, Camila Santos vai a Itaquera acompanhada da filha Marcela Celestino, de oito anos. Camila era mãe de Douglas Murilo Celestino, de 16 anos, uma das oito vítimas fatais do massacre – os dois assassinos também morreram.


Douglas Murilo Celestino estava matriculado desde 2014 na escola, onde agora cursava o 2º ano ensino médio. Também cursava o 5º estágio de espanhol no centro de línguas do colégio.

Ele conseguiu sair da escola durante o massacre, mas voltou para ajudar a namorada, Adna Bezerra, também de 16 anos. Foi socorrido e levado ao Hospital Luzia de Pinho Melo, em Mogi das Cruzes, mas não resistiu. Adna está internada na UTI do Hospital das Clínicas em São Paulo.



Fonte: Globo Esporte

Postar um comentário

0 Comentários