Porto mira zagueiro da base do Corinthians em fim de contrato



Um representante do Porto, de Portugal, esteve em Itu na noite do último sábado para assistir de perto ao zagueiro Caetano, titular absoluto do Corinthians na Copa São Paulo de juniores. O defensor, de 19 anos, é o mais observado do elenco alvinegro desde a Copa RS, disputada no fim do ano passado.

A má notícia para o torcedor corintiano é que Caetano tem contrato apenas até o fim desta temporada. Ou seja, ele estará livre para assinar um pré-contrato com os portugueses ou qualquer outro interessado a partir de julho.

A ideia do Porto é encontrar em território brasileiro um substituto para Éder Militão, que deve ser negociado na janela de verão na Europa com um gigante por 50 milhões de euros (R$ 211 milhões) – o Manchester United é um dos interessados.

Existem semelhanças importantes entre Militão e Caetano, tanto no estilo de jogo quanto na situação contratual. É que o Porto também se aproveitou do fato de Militão estar enfim de contrato quando o tirou do São Paulo. Ainda assim, para levá-lo a Portugal seis meses antes do fim do vínculo, o Dragão precisou desembolsar 4 milhões de euros.

Revelado na base do Botafogo, Caetano chegou de graça o Corinthians. A justificativa para o contrato curto tem haver com a desconfiança que os dirigentes alvinegros tinham a respeito do futuro do defensor, que superou todas as expectativas nas últimas competições.

O problema é que agora o Timão tem encontrado enorme dificuldade para estender o vínculo de Caetano, que já foi sondado por outros clubes brasileiros e do exterior. Forte no jogo aéreo, o garoto também tem qualidade com a bola nos pés, tanto que costuma atuar de vez em quando como lateral-esquerdo.

Fonte: Yahoo Sports

Postar um comentário

0 Comentários